Vamos evitar alguns hábitos #OutubroRosa

O consumo de álcool é considerado um dos fatores de risco para desenvolvimento do câncer de mama.

O excesso de peso, obesidade e o sedentarismo desempenham um papel fundamental quando o assunto é câncer de mama.

Diminua o consumo de carne. O cozimento da carne gera substâncias químicas que são cancerígenas e interferem no nível de estrogênio no corpo no qual está diretamente ligado a iniciação e progressão do câncer de mama. As carnes de churrasco também devem ser evitadas, pois durante a preparação, a fumaça do carvão libera substâncias também cancerígenas.

Como já citamos o açúcar refinado é um grande vilão, pois alimenta e fortalece as células cancerosas. Alimentos transgênicos danificam o corpo e alguns estudos mostram a relação que tem com o câncer. Já os laticínios formam muco e nódulos ou cistos por isso também devem ser evitados.

Vamos optar por uma alimentação balanceada em antioxidantes

Alimentos frescos e ricos em fibras como abacate, coco, figo, pera, maça, quiabo, abóbora, couve de bruxelas, nabo, feijão, grão de bico, lentilha, semente de linhaça triturada, chia, quinoa e amêndoas.

Cúrcuma ou açafrão-da-terra são excelentes anti-inflamatórios, antioxidante, protegem as células dos radicais livres, melhoram a digestão e também regulam o teor de açúcar no sangue. Para que faz uso de anticoagulantes deve evitar o consumo de cúrcuma.

Esses alimentos citados fortalecem o nosso sistema imunológico que é a defesa natural do nosso organismo contra substâncias nocivas e desenvolvimento de células anormais que podem levar ao surgimento do câncer.

 E vamos para mais uma receita:

Sopa de abobrinha com cúrcuma

Ingredientes

3 unidades de abobrinha italiana com casca

3 e 1/2 xícara (chá) de Água

1 pitada de açafrão-da-terra (ou cúrcuma)

2 colheres (sopa) de manteiga (óleo de coco ou azeite de oliva extravirgem)

6 colheres (sopa) de Biomassa de banana verde (opcional)

sal a gosto marinho/rosa

Modo de preparo

Cozinhe a abobrinha na água. Espere amornar e bata no liquidificador com a cúrcuma (não exagerar, pois pode amargar a sopa) e a biomassa. Coloque o sal e volte para o fogo para aquecer (não deixe ferver).

Texto: Nutricionista Mariana Parra

Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Share on TumblrPin on Pinterest

Artigos Relacionados